Veja quais serão os benefícios corporativos mais oferecidos em 2021

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print

O ano de 2020 mudou profundamente as relações de trabalho. Com a pandemia de coronavírus, empresas tiveram de rever seus conceitos e estratégias. Uma das principais mudanças foi em relação ao formato de trabalho e benefícios dados aos colaboradores. Foi preciso rever o planejamento, adotando benefícios flexíveis que favorecessem o trabalho de todos.

De acordo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 716 mil empresas encerraram as atividades ao longo da quarentena. Segundo os dados, quatro em cada 10 empresas fecharam as portas por conta das restrições impostas pela pandemia.

O desemprego também aumentou, atingindo a taxa recorde 14,6% no terceiro trimestre de 2020. Com mais de 14 milhões de desempregados no país, os benefícios corporativos se tornaram uma alternativa viável para trazer mais motivação para os funcionários e manter as atividades das empresas.

Mesmo em cenário de retração econômica e de imensas dificuldades para manter negócios ativos, empreendedores devem pensar à frente e moldar novas estratégias de retenção de talentos para sobreviver a crise.

Para isso, é preciso escolher benefícios que façam sentido para este momento, mostraremos quais são os mais necessários neste ano, em que a pandemia ainda segue em curso, mas as vacinas surgem como “a luz no fim do túnel”. Confira abaixo os benefícios corporativos mais oferecidos em 2021:

Home office ou trabalho híbrido

 A pesquisa DataSenado aponta que 41% dos trabalhadores entrevistados observaram um aumento de produtividade em home office durante a pandemia. De acordo com os dados, 58% alegam já estar preparados para mudanças trabalhistas visando o trabalho remoto.

Fato é que o home office virou uma realidade em 2020. Mesmo que forçado pela pandemia, mostrou que pode ser uma excelente forma para empresas motivarem funcionários e diminuírem custos.

Uma pesquisa da Salesforce com 20 mil profissionais de todo o mundo, aponta que 57% dos brasileiros sonham com a possibilidade de home office no pós-pandemia. E esse será um benefício bastante oferecido por empresas este ano.

Seja o home office em tempo integral ou trabalho híbrido que mistura o home office com o presencial, dar a oportunidade de os colaboradores trabalharem, pelo menos, alguns dias da semana em casa é um excelente benefício corporativo em 2021.

Estrutura do home office

Se a empresa está colocando profissionais em regime home office, ela precisa entender que o colaborador não é obrigado a prover a própria estrutura de trabalho. Mesmo estando em casa, é a empresa que deve dar este benefício, uma ajuda para proporcionar uma estrutura adequada para o trabalho remoto.

E os benefícios para essa estrutura variam de acordo com o segmento e o cargo do funcionário. Como todo mundo precisa estar conectado, o benefício mais comum neste caso seria um plano de internet banda larga para funcionários. Assim, eles teriam uma boa conectividade para desenvolver os trabalhos.

Se você está colocando vendedores para trabalhar em casa, outro bom benefício é contratar um plano de internet móvel, já que muitos aplicativos são usados, além da necessidade de entrar em contato com clientes via telefone.

E claro, se o profissional não tem um computador razoável, a empresa também pode ceder um notebook de trabalho. Dessa maneira, o colaborador trabalha com uma máquina que atende suas necessidades e caso ele um dia saia da empresa ou volte a trabalhar presencialmente, ele devolve o notebook.

Flexibilidade de horário

Trabalhar em horário determinado é algo que está caindo em desuso. Um benefício bastante cobrado, inclusive por conta do home office, é a flexibilidade de horário. Com a rotina de trabalho em casa, o profissional tem outros afazeres ao longo do dia, então nada melhor do que ter a possibilidade de flexibilizar horários para exercer suas funções.

O fato é que as empresas devem focar na produtividade, nos resultados e não no cumprimento de horários. Então, é preciso ter a flexibilidade de horário como benefício. Assim, os colaboradores podem trabalhar dentro de seu período produtivo e serão cobrados pela entrega de tarefas com excelência e não pode trabalhar um número X de horas por dia.

Auxílio para a saúde mental

Além de benefícios tradicionais como plano de saúde e plano odontológico, um benefício que deve ser bastante ofertado em 2021 é o auxílio psicológico. Cuidar da saúde mental é muito importante, já que estamos em um momento de profunda mudança de hábitos.

Ao passar mais tempo em casa, rotina totalmente diferente da correria frenética do dia a dia, as pessoas podem acabar desenvolvendo problemas como a ansiedade e a depressão. Por isso, oferecer um auxílio para a saúde mental é essencial. Dessa maneira, o colaborador terá acesso a um psicólogo sempre que precisar colocar a mente em ordem.

Parcerias para treinamentos e capacitação

O desenvolvimento profissional é um ponto importantíssimo para a retenção de talentos. E uma maneira de fazer isto a baixo custo é fazer parcerias para treinamentos e capacitação dos profissionais.

Então, esse benefício deve ser bastante ofertado em 2021. As parcerias para treinamentos e capacitações são essenciais para desenvolver os profissionais da empresa. Inclusive com eles trabalhando de casa. Cursos digitais e interativos podem ser uma maneira de manter o profissional se desenvolvendo em home office.

Estes são alguns dos principais benefícios corporativos que devem ser oferecidos por empresas em 2021. E um mundo novo, com uma transformação profunda, olhar para as necessidades do colaborador é essencial para acelerar a recuperação econômica em meio à crise.

Leia também