Plano Odontológico com Carência Zero: como funciona

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Como você sabe existem diversos planos odontológicos que não fornecem carência zero. Existem raros planos deste tipo no mercado. Mas sim, você pode encontrar um plano odontológico com carência zero e usufruir de tudo o que ele pode oferecer assim que o adquirir, você só precisa saber onde procurar!

O que é plano com carência zero?

Os planos odontológicos são hoje em dia uma das alternativas para realizar consultas e acompanhamentos odontológicos. No mercado atualmente existem várias empresas que oferecem todos os tipos de convênios coletivos e individuais para os clientes. A disponibilidade de cada um deles irá depender da quantidade de pessoas incluídas no plano e a cobertura oferecida pela empresa e o plano anexado a ela.

Existem algumas regras que o beneficiário deve verificar e cumprir antes de assinar um contrato com a empresa que fornece o plano odontológico e uma delas é a carência: trata-se de um período no qual o contrato não cobre determinados procedimentos. Estes períodos de carência costuma variar um pouco de plano para plano.

Em casos de urgência ou emergência, o período de carência deve ser no máximo de 24 horas após a vigência do plano. de acordo com a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Já no caso de doenças e lesões preexistentes, ou seja, aquelas que o paciente já sabe que possui, o período de carência  é de 24 meses, nesse período a vigência será de CPT (Cobertura Parcial Temporária), onde serão cobertos apenas procedimentos não relacionados diretamente à preexistência, porém isso é pouco comum nos planos odontológicos.

Carência Zero no plano odontológico (como isso pode te ajudar)

Antes de fechar um Plano Odontológico, veja quais são suas carências, pois no período de carência você terá de pagar pelos serviços por conta própria, talvez até obtenha um desconto, lógico se no seu plano funcionar desse modo.

Pesquise o histórico da operadora que está fornecendo o plano odontológico em sites de reclamações ou até mesmo em sites especializados, e descubra a reputação dos serviços antes de contratar.

Verifique também as clínicas, hospitais, laboratórios e redes de assistência credenciadas pelo plano contratado. Alguns procedimentos podem ser cobrados à parte e outras taxas podem estar inclusas nos serviços.

Porque você precisa de um plano odontológico?

Ter um plano odontológico é uma alternativa para quem não deseja ter uma surpresa desagradável, principalmente no orçamento. É importante ter em mente que uma visita de emergência ao dentista pode custar caro. Bem caro.

Uma consulta particular pode resultar em um valor absurdo, dependendo do serviço que você precisar. Principalmente se envolver procedimentos como cirurgias, exames complexos, entre outras situações.

Ter um plano odontológico contribui para sua organização financeira, já que o custo de um plano costuma permanecer inalterado por 12 meses, com reajuste anual, apenas. E, além disso, o que mais conta aqui é a saúde bucal e a sua qualidade de vida

Como um Plano Odontológico funciona?

Assim como um Plano de Saúde, um Plano Odontológico conta com um valor mensal que deve ser pago pelo cliente.

Essa contratação dará acesso a uma série de serviços. Entre eles estão diversas consultas, exames, restauração, tratamentos como clareamento, prótese, limpeza, extração de dentes, etc.

Na verdade, esse portfólio de serviços e exames varia de acordo com o plano contratado.

Um mais básico dá direito a, por exemplo, consultas e certos serviços básicos como limpeza, obturação e etc.

Um plano médio ou mais caro já permite a realização de serviços e exames mais complexos. Além de também cobrir cirurgias e até mesmo implantes.

De qualquer forma, geralmente um Plano Odontológico tem cobertura nacional  ou em certa região de acordo com a operadora.

Isso significa que é possível contar com atendimento mesmo em situações de viagem. A gente nunca sabe quando um dente pode doer, né?

Se livre de preocupação com um Plano Odontológico com carência zero!

Você já deve ter ouvido diversas vezes a frase “é preciso consultar um dentista pelo menos uma vez ao ano!”. Mas muitas pessoas pensam que, para evitar problemas dentais, basta visitar o dentista anualmente, ou seja, uma vez ao ano.

Essa frase reflete o quanto os brasileiros se descuidam de sua saúde bucal. Se é necessário aconselhar alguém a consultar o dentista uma vez por ano, é porque geralmente as pessoas procuram esses profissionais com uma frequência ainda menor.

No entanto, para a maioria de nós, nem mesmo esse conselho é verdadeiro. Independentemente da propensão dos brasileiros à ter cáries, outros fatores, como o envelhecimento e os hábitos alimentares, tornam necessárias diversas visitas mais frequentes ao dentista.

O problema é que mesmo os procedimentos mais simples e baratos, quando executados com regularidade, podem pesar no seu bolso.

A melhor saída para quem costuma ter problemas dentários é, sem sombra de dúvidas, a adesão a um plano odontológico e de preferência um que tenha carência zero!

Se você contratar  um plano com carência zero, poderá usufruir de todos, ou maioria, dos benefícios do plano imediatamente, fazendo com que o seu dinheiro seja melhor investido e empregado, além disso se você estiver com algum tipo de problema que tenha que ser resolvido urgente com um plano de carência zero pode até ser mais barato a contratação do plano do que o pagamento integral do serviço.

Nós disponibilizamos um Plano Odontológico dessa categoria, em parceria com a maior seguradora independente do Brasil e você pode saber mais detalhes aqui.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com que gostaria de saber mais sobre Planos Odontológicos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *